12 de junho de 2017

[K-Drama] Cheese in the Trap

(E é ao som de 'Cheese in the Trap - Twenty', que escrevo essa resenha, hahaha)

Oieee gente!! Tudo bem?? Voltei cedo dessa vez, não foi? ^-^
E cá estou eu com mais uma resenha de drama. E um drama MUITO BOM. Um drama que amei do início ao fim, desde o primeiro episódio o bonitinho conquistou meu coração e me fez amar até o final - sim, o polêmico final! -, do qual aqui estou, pra tentar desmistificar toda essa crítica ruim pra cima do coitado! 

Related image

Título: Cheese in the Trap
Capítulos: 16 + 1 especial
Ano/BN: 2016 / tvN

Image result for Cheese in the Trap

Minha Sinopse
Hong Seol é uma universitária ferrada na vida. Ela tenta ao máximo dar seu melhor e se esforça em tudo o que faz, mas mesmo assim algumas coisas ruins começam a rondar a vida da garota, e ela tem certeza de que o culpado de tudo isso é seu sunbae, Yoo Jung: até ele começar a se aproximar dela de uma forma muito simpática e generosa.

Personagens
Yoo Jung (Park Hae Jin): uma pessoa misteriosa, que apesar de ser um quase chaebol, não usa isso á seu favor; pelo contrário, ele abomina pessoas que se achegam á ele por interesse. Um dos melhores protagonistas de drama que eu já vi, sério. Gostei dele de cara, logo no primeiro episódio (e ele fez uma personagem tão diferente em 'My Love from the Stars'... Me surpreendi com o quão bom ator o Park Hae Jin é! entrou pra lista de oppas)

Image result for cheese in the trap yoo jung

Hong Seol (Kim Go Eun): uma personagem complexa que tinhas seus (muitos) altos e baixos, mas que tentava dar a volta por cima de uma forma boa. Eu já conhecia a Go Eun por causa de 'Eungyo' e 'Goblin', e depois de assistir 'Cheese in the Trap' ela virou uma das minhas atrizes preferidas.

Image result for cheese in the trap hong seol

Baek In Ho (Seo Kang Joon): meio nervosinho e agindo sem pensar na maioria das vezes, o In Ho roubou o coração de muita gente.... Apesar de ser aquelas pessoas que não levam desaforo pra casa, ele era bem mais que um "bad boy", porque sabia ser humilde nas horas certas.

Image result for cheese in the trap baek in ho

Baek In Ha (Lee Sung Kyung): a irmã ~locona~ do In Ho, e amiga de infância (junto com o irmão) do Yoo Jung. Eu quase fiquei com uma imagem negativa da atriz, por conta da personagem nos primeiros episódios, mas depois ela me surpreendeu de uma forma tão diferente, que tive que colocá-la aqui.

Image result for cheese in the trap baek in ha


A Protagonista
Se eu fosse fazer aquela tag de dorama na qual uma das perguntas é "com qual personagem você mais se identificou?", com certeza eu responderia sem pensar duas vezes: HONG SEOL. Nunca me identifiquei tanto com uma personagem de drama como me identifiquei com ela (tirando a parte do romance, LÓGICO. Porque quem me dera viver o romance que a Seol vive...)! 
Ao contrário de muuuuuitas protagonistas, a Seol era humana e real. Ela errava, mas sempre tentava consertar tudo, amadurecendo cada vez mais. Decidida (coisa que está em falta em muita personagem por aí...) e original, ela me conquistou com o jeito dela de ser: não fingia ser quem não era e se orgulhava de si mesma, mesmo passando por dificuldades ela nunca abaixava a cabeça. Não era uma personagem infantil e aguentou muito perrengue de gente que queria se aproveitar da boa vontade dela.
Sem falar que os "cachinhos naturais" eram um charme, não é mesmo?? 
(olha mais um ponto em comum que nós temos, hahahaha)

   



Image result for hong seol gifs

A Temática
Dramas que se passam em faculdade tendem a ser cansativos porque de vida real a gente já tem muito em novela brasileira (por isso assistimos os dramas, pra fugir disso tudo), e muitas vezes as situações que acontecem nas faculdades não são nada verdadeiras, nos fazendo pensar que o drama pode ser ruim. 
Só que isso não acontece em 'Chesse in the Trap', pois uma característica ótima do drama em si é o real. Tudo alí acontece de verdade na nossa vida. Todas as intrigas, os colegas de classe que a gente é obrigado a aguentar, os professores maldosos, o monte de trabalho e prova que nos passam... É pra ficar louco mesmo.

   
   

   

O Diferencial
Algo que me agradou muito em 'Cheese in the Trap' foi o real motivo do drama: as coisas nem sempre são o que parecem. Nem todo mundo é aquilo que aparenta ser por fora, e você não deve julgar as pessoas antes de conhecê-las. E conhecê-las bem.
Os relacionamentos humanos e os problemas pessoais são o verdadeiro foco do drama. 
Os problemas que você tem em seu interior, toda a pressão que é posta em você e o fato de que você TEM que lidar com certas coisas. O fato de que você nunca irá agradar todo mundo, por mais que tente. O fato de que as pessoas tem expectativas sobre você.

   


   

O Romance
QUE. ROMANCE. MEUS. AMIGOS. QUE. HISTÓRIA. DE. AMOR. 
Ao invés de ser um triângulo amoroso clichê como os muitos que vemos por aí, 'Cheese in the Trap' se destaca pela originalidade no romance. Se destaca por ser uma história de amor que realmente pode existir e que te faz imergir nela, se imaginar passando pelo o que o casal está passando.
A forma como os problemas surgiam e como as soluções eram propostas, me deixou satisfeita e feliz, porque, mais uma vez, me identifiquei com uma característica da Seol: empatia (algo que também está em falta em muuuuuita personagem por aí...).

   

   

   
   

O Final
Eu tentei argumentar gentilmente e pacientemente com uma menina no twitter, mas não teve jeito: a molier não entendeu. E provavelmente um monte de gente também não.
Mais do que resolver "com quem a Hong Seol vai ficar" (coisa que pra mim era uma pergunta inútil, porque só tinha uma opção, ao invés do triângulo, hahaha), o final de 'Cheese in the Trap' mostrou "o depois" das histórias apresentadas durante o drama de uma forma cativante, sem aquele clichêzão chato.
[SPOILER] Pra mim não tinha triângulo amoroso, porque em nenhum momento eu vi o In Ho como um possível par romântico para a Seol. O relacionamento deles era de amigos que se gostam muito e cuidam um do outro. O In Ho só começou a gostar da Seol bem depois, e mesmo depois de ela ter o rejeitado, eles continuaram na mesma, sem ressentimentos ou algo do tipo. Falo isso porque tenho ~tinha, faz teeempo que não falo~ um amigo do qual considero nosso relacionamento igual ao dos dois. A gente se dá muito bem, rimos bastante e muita gente á nossa volta ficavam insinuando diversas vezes que a gente tinha algo mais, sendo que eu nunca vi meu amigo desse jeito. E ele tinha namorada e uma filha, da qual gostava muito.
E aquele final, com o Yoo Jung dando um tempo no relacionamento dos dois pra poder se curar foi lindo. Deu pra perceber que ele queria fazer aquilo não só por si mesmo, mas pela Seol também. E depois dos 3 anos, quando ele responde o e-mai (e tudo dá a entender que eles VÃO SIM voltar a se falar, e ficar juntos num futuro próximo)... Meu coração se aqueceu. Fechei a guia no chrome com um sorriso no rosto! [SPOILER]
Só digo uma coisa: pra bom entendedor, meia palavra basta. E é isso que se resume o final do drama.
Você precisa saber ler nas entrelinhas, senão não vai entender nada e vai ficar criticando.
(dica pra vida, viu?)

   
   

Música
A Ost de 'Cheese in the Trap' é tão fofinha, tão calminha, tão "paz & amor", que eu quase nem percebi alguma música em especial pra colocar aqui. Quase. Então vou deixar apenas duas, mas com o link pra playlist logo abaixo, porque você tem que ouvir a Ost inteira - coloca pra tocar enquanto estiver estudando, desenhando, lendo...

Such - Kang Hyun Min fezt. Jo Hyun Ah
Eu achava que a música era da moça e o feat. do cara, porque ela é quem canta mais, mas isso não importa, porque a música é linda. O tom meio acústico deixou a canção mais especial e mais "warm".


Maybe I Like You - Cosmos Hippie
Essa música é muito gostosinha! A melodia é agradável aos ouvidos e dá vontade de dar pequenos pulinhos quando você ouve, hahaha (ela também me lembra alguma música da Ost de Goblin, deve ser por isso que eu gostei bastante, sei lá).


Playlist, com a Ost completa 👉 CLIQUE AQUI!

Pontos Negativos
Então, não teve- brincadeira!

Casinha das Gifs Algumas situações que aconteciam com a Seol na universidade talvez tenham ficado um pouco "chatas" e "difíceis de engolir", mas a dá super pra relevar, por ser uma cultura diferente. E a gente sabe que muitas pessoas são, infelizmente, do jeito que foi mostrado alí :(

"Poodle!"

Classificação: ***** (5 estrelinhas). Amei o drama (caso você ainda não tenha percebido), entrou por hall de queridinhos. Assistam sem preconceitos e tentando entender como o outro pensa, e não ficar só se preocupando com tal personagem, ou com a outra personagem.... Pensem como um todo, ok? ❤

Sinto que falei pouco e que não me expressei muito bem, mas quero que você utilize as dicas que eu dei aqui pra assistir o drama e ter suas próprias conclusões. E se você já assistiu e teve uma impressão ruim, ou não percebeu nada do que eu falei aqui, assiste de novo você assistiu errado, BRINCADEIRA.
Fora que eu deixei de lado todos os spoilers e detalhes, como sempre.

*dies*

Obrigada por ler até aqui.
Beijoooos!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo ao 'Dois Pontos'!
Obrigada por comentar!

Copyright © 2014 | Design e Código: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo