2 de junho de 2018

[K-Drama] Prison Playbook

Eu estou enrolando com os posts mais pessoais, mas toda vez que eu pego pra escrever, me bate aquela preguiça.... E felizmente, todas as resenhas de dramas estão fluindo, então por isso estamos tendo uma frequência boa delas por aqui. Acho que no fim do ano vou poder fazer, pela primeira vez, um top 10 dos dramas que eu mas gostei (independente deles terem sido lançados em 2018 ou não). Sempre quis fazer um desses! Hahahaha

Image result for prison playbook poster
Esse pôster me deu a impressão errada antes de assistir o drama, rsrsrsrs

Título: Prison Playbook / Wise Prison Life / Manual do Presidiário o único nome que ficou legal em português (슬기로운 감빵생활)
Episódios: 16
Ano/BN: 2017-18 / tvN

Sobre o drama agora: eu já queria assistir 'Prison Playbook' por conta do Seung Yoon do WINNER (um dos meus grupos preferidos. Provavelmente sou do fandom, mas nunca me assumi, hahahaha), e depois de ver que a Netflix comprou os direitos e eu podia assistir por lá (mas continuo amando o trabalho dos fansubs), procurei algumas resenhas e opiniões e peguei pra ver.

Image result for prison playbook poster

Minha Sinopse
Um jogador de baseball prestes a assinar contrato com um time do exterior, recebe um mandato de prisão pela morte de um estuprador. Após o choque devido ao acontecimento inesperado, Je Hyuk terá que se adaptar à nova vida em sua "nova casa".

Personagens
Kim Je Hyuk (Park Hae Soo): nosso jogador queridinho, meio lerdo/burro, mas que tem um coração enorme. Ele cativa todas as pessoas que cruzam seu caminho (apesar de fazer alguns inimigos por conta de inveja) e que apesar de sofrer muito, o apelido de "fênix" faz jus à sua personalidade persistente.
Foi o primeiro drama que eu assisti com o ator e gostei bastante de como ele desenvolveu o Je Hyuk (tendo horas em que ele sofria muito e tendo horas em que ele era super engraçado e bobão, hahahhaa)

Related image

Lee Joon Ho (Jung Kyung Ho): o melhor amigo, que também jogava baseball na adolescência, de Je Hyuk e que hoje é guarda prisional. Após saber da notícia sobre a prisão do amigo (que não via há séculos), ele se esforça e faz de tudo para que a vida do Je Hyuk seja boa -na medida do possível, né? Achei ele uma amor de pessoa. Meu Deus, que cara com o coração enorme! E foi o meu primeiro drama com o ator também, apesar de já conhecer ele.

Image result for prison playbook jung kyung ho

Kim Ji Ho (Krystal - f(x)): a (ex-)namorada do Je Hyuk que é super fofa e está sempre presente pra apoiar o nosso herói. Coloquei "ex" porque o drama começa com eles separados, mas com os flashbacks no decorrer dos episódios, a gente vai entendendo o que aconteceu com o relacionamento deles.
A Krystal também foi um dos motivos por eu querer assistir o drama, já que eu estava com saudade de ver a moça (a SM não libera logo um comeback e ela não é muito ativa nas redes sociais...), então foi ótimo pra rever a atuação (bem melhorada!) dessa linda ❤

Image result for prison playbook krystal

Prison Playbook tem uma penca de personagens e a maioria deles vêm e vão. Todo mundo já sabe que eu odeio spoilers e acho que se eu contar qualquer coisa sobre eles aqui, posso estragar sua experiência assistindo o drama, então só fique sabendo que de elenco fixo mesmo, são apenas esses 3 que citei aí em cima.

A Temática
Eu ainda não tinha visto nenhum drama que retratasse a vida na prisão como plano de fundo, então fui assistir Prison Playbook com altíssimas expectativas. Aí descobrir que o roteirista e diretor do drama eram os mesmo da séries dos 'Replys'........ E como você podem perceber pelas minhas resenhas sobre os respectivos dramas (aqui e aqui), eu amo a narrativa desses dois profissionais. Eles conseguem transformar assuntos do cotidiano em coisas magníficas, e ainda trazem á tona uma conversa sobre vários temas que a gente sabe que estão presentes, mas que não temos o costume de falar sobre. 
E o melhor de tudo: a forma como essa história é contada pro espectador, é maravilhosa. Você vai ficar viciado no drama desde o primeiro episódio e vai querer saber mais sobre não apenas o protagonista, mas todos as outras micro-histórias que são apresentadas no decorrer dos episódios. 

   

   
   

O Bromance
Como louca dos bromances assumida que sou, eu tenho que dizer que achava que já tinha visto os melhores bromances nos últimos anos de dorameira, mas meu povo: eu estava errada.
O que dizer da amizade incrível e inspiradora entre o Je hyuk e o Joon Ho?? Esses dois, mesmo depois de anos separados, ainda nutriam sentimentos de carinho e amor um pelo outro de um jeito que inveja qualquer amizade por aí. Eles sempre se apoiavam como dava (e olha que o Je Hyuk nem podia fazer muita coisa pelo Joon Ho, porque motivos óbvios, né?) e achavam um jeito de fazer com que a vida do outro fosse melhor todos os dias. 
De presente, a gente tem vááárias cenas de brincadeiras, de conversas sérias, de consolo por ambas as partes e de, é claro, skinship!! HAHAHAHAHA
Sério, era a coisa mais linda ver esses dois juntos. Acho que eu esperava todos os episódios aguardando ansiosamente só pra ver as cenas dos dois ❤ O padrão de bromance agora subiu tanto (mas tanto), que vai ser difícil para os roteiristas dos próximos dramas conseguirem ultrapassar.
PS: apesar da amizade linda entre os dois, o Je Hyuk também fez outros amigos na sua "estadia" na prisão, ok?


   

   
(ok, agora parei pskokskospkakso quase coloco o drama inteiro aqui)

O Drama
É lógico que Prison Playbook tem cenas de comédia (eu cheguei a gargalhar em algumas delas), mas acho que antes disso, no mesmo nível da amizade, a novela faz com que a gente assista e reflita logo em seguida. Tipo: você já parou pra pensar que talvez as pessoas que foram parar na cadeia, na verdade estejam alí por injustiça? Por erro de alguém ou por maldade de alguém? Talvez elas não tenham feito necessariamente algo errado, mas receberam uma sentença que mudou a vida delas 360º graus.... 
Mais do que apenas mostrar como é o dia-a-dia dessas pessoas, o drama quer retratar os motivos e a redescoberta dos prisioneiros (que também são seres humanos!) a respeito de si mesmos, e como eles lidam com as consequências de seus erros. 


   

   
   


Músicas
Eu não tinha nenhuma Ost preferida depois da Ost de Cheese in the Trap, até que fui ouvir a de Prison Playbook. E gente, fiquei apaixonada. Todas as faixas são maravilhosa e retratam TÃO BEM o drama que eu gostaria de colocar todas elas aqui!! Mas esse post ficaria enorme, e vocês podem ouvir melhor tudo via essa playlist no Spotify.
Então, me segurando muito, coloquei apenas essas 5 aqui (mas meu coração doeu por tirar as outras, foi uma luta mesmo T.T).

OK - BewhY feat GRAY (prod. GRAY)
A música da abertura, o drama já começa arrasando. A voz do Bewhy combinou muito com a do Gray e o ritmo, a letra... Tudo casa com tudo. Perfeita, vai ficar na sua cabeça (principalmente a parte do "I love the way you lie".


Bravo, My Life! - Eric Nam
A música tema do drama, provavelmente. Ela descreve o Je Hyuk e tocou nos momentos certos (tocava toda hora, hahaha). Li em algum lugar que é um remake feito especialmente pro drama. Quem souber dizer melhor, me escreve nos comentários, por favor?

O vídeo pode conter spoilers

It's Alright - CNU & Baro (B1A4)
Essa música é uma gracinha! Não tocou tanto no drama, mas como eu ouvi a playlist muitas vezes (e sempre que posso, estou panfletando o B1A4), acabei me apaixonando... A voz do CNU tá extremamente angelical nessa música, não sei o que aconteceu, hahaha e o timbre "forte" da voz do Baro fez um contraste incrível.

O vídeo pode conter spoilers

That's the Way It Goes - Davii & Real.be (Kim Minjae)
Surpresa minha quando descobri que era o Minjae cantando! Foi um surpresa bem agradável, claro, porque a voz dele ficou tão lindinha... Acho que a Ost de Prison Playbook num geral, foi esse contraste de vozes "soft" com um rap ou uma mais "grossa". Achei ótimo, eu amo músicas assim, hahaha



Like a Dream - Park BoRam
E pra terminar, é óbvio que tinha que ter uma mulher, não é mesmo?? Além da BoRam, a Heize também canta na Ost, e apesar das duas músicas serem lindas, acho que a voz da BoRam me marcou mais, e essa música é muuuuito a cara do nosso casal principal....

O vídeo pode conter spoilers


Pontos Negativos
Não sei se eu poderia dizer que são pontos negativos, mas eu gostaria de saber melhor o que aconteceu com cada uma das personagens que apareceram no decorrer do drama. Sei que eles não podiam contar tudo devido ao limite de episódios, e apesar da minha curiosidade de fã, acho que foi certo tudo terminar do jeito que acabou, porque assim só reforça a ideia daquilo que eu comentei lá em cima: o cotidiano retratado da forma como ele é. 
Nem sempre o que a gente quer que aconteça, acontece mesmo. E a gente tem que aceitar que a vida é assim, que não é porque você quer muito uma coisa ou porque você se esforçou demais, que aquilo vai dar certo. Por outro lado, quando você só espera desgraça ou que tudo vai dar errado, surge uma luzinha do fim do túnel (segura a respiração pro seu pedido acontecer! kkkkk ~piada interna pra quem viu o drama) que vai te surpreender muito. 
O importante é sermos agradecidos por tudo o que Deus deu e sempre darmos o nosso melhor -independente das coisas darem certo na primeira vez ou na vigésima. 


Classificação: ***** (5 estrelinhas - maravilhoso). Eu ri, chorei, morri de fofura e tive várias reflexões durante os 16 episódios. Quando acabou, me veio uma falta de episódio novo pra assistir... Já estou com saudade da cela 2 - quarto 6. ❤

Obrigada por ler até aqui. Apesar de ter demorado, consegui escrever essa resenha bem rápido.
Até o próximo post (que também será resenha, beeeem provavelmente).
Bjs!

15 de maio de 2018

[K-Drama] Because This is My First Life

Dois posts seguidos com títulos semelhantes.....? 
Não foi planejado. Prometo. Eu só senti vontade de assistir os dois, e calhou de serem em datas próximas. No momento estou vendo outro drama (spoiler só no meu twitter), e pra não esquecer ou confundir as duas histórias, resolvi aproveitar que hoje bateu a vontade de escrever, e vim fazer logo essa resenha.


Título: Because This is My First Life (이번 생은 처음이라)
Episódios: 16
Ano/BN: 2017 / tvN

Image result for because this is my first life

Minha Sinopse
O drama conta a história de três mulheres e três homens que têm visões diferentes a respeito da vida a dois, do amor e principalmente do casamento.
(tô achando que minhas sinopses ultimamente têm estado meio bostas. vou tentar melhorar, prometo. é o medo de dar spoilers)

Personagens
Yoon Ji Ho (Jung So Min): nossa protagonista principal; uma mulher independente, determinada e com um pensamento interessantíssimo. Achei ela uma prota bem diferentona de um jeito ótimo. Uma das minhas preferidas. Me identifiquei demais, desde o jeito dela até a forma como ela via a vida, as coisas que falava...

Image result for because this is my first life ji ho

Nam Se Hee (Lee Min Ki): o cara de 38 anos que aluga o outro quarto de seu apartamento para poder cobrir as despesas da vida. Ele é sério, gosta de fazer tudo certinho e extremamente controlado. Não tinha visto nada do ator e gostei muito.


Yang Ho Rang (Kim Ga Eun): amiga da Ji Ho e da Soo Ji, elas eram inseparáveis desde a época da escola. O sonho da vida da Ho Rang é se casar, mas ela está num relacionamento há 7 anos com um cara meio lerdo que talvez possa não compartilhar do mesmo desejo que ela...

KPOP KDRAMABecause This Is My First Life

Sim Won Seok (Kim Min Suk): o namorado da Ho Rang, um mocinho bem nerd e fofinho, hahaha Eu já vi esse ator em outros dramas e quase não o reconheci quando ele apareceu na tela kkkk então já conhecia e gostava do trabalho dele.

KPOP KDRAMABecause This Is My First Life

Woo Soo Ji (Esom): a mulher mais legaaaaal! Eu amava o jeito independente mas que ao mesmo tempo que gosta de cuidar dos outros e quer ser cuidada também que a moça tinha. Achei ela um amorzinho do início ao fim. Já conhecia a atriz de um filme de gênero bem diferente do drama, então cheguei à conclusão de que ela é alguém bem versátil.

KPOP KDRAMABecause This Is My First Life

Ma Sang Goo (Park Byung Eun): o CEO Ma era uma graça. No começo ele não aparecia muito, mas assim que ganhou destaque, não tem como a gente não se apaixonar por seu jeito brincalhão e extrovertido.

KPOP KDRAMABecause This Is My First Life


O Diferencial
Nem sei como explicar isso direito sem dar spoilers, mas uma das coisas que mais me conquistou em BTIMFL (abreviação, porque com um nome gigante desses, né?) foi a forma como a história foi contada. A forma como eles mostraram pra gente outro jeito de pensar sobre o amor, sobre o casamento... Até sobre o próprio ser humano também.
Ao mesmo tempo em que as personagens iam amadurecendo no drama, eu passava pelo mesmo processo, porque me identifiquei demais com várias situações (apesar de eu não ter 30 anos, não ser casada e nem estar num relacionamento). É um drama que vai além de romance, porque o foco é como esse tema é abordado na vida de cada um, de uma forma bem pessoal mesmo.
Amei, sem mais. Cada lição que eu tirei...

   
   


O Romance
Como o drama tem "3 casais", ele acaba abordando vários pontos de vista sobre uma mesma situação, mas também mostrando histórias reais que a gente sabe que acontecem, mas que ninguém fala sobre. Ou não quer falar. 
Desde uma coisa simples, até algo mais complexo, BTIMFL fala sobre essa coisinha tão especial que é o amor romântico de um jeito nada clichê. Quando você acha que vai acontecer tal coisa, alguma personagem vai lá e faz algo que você não esperava. E o resultado disso é ótimo.
   

   

O Eu
Como eu disse, mais do que falar sobre romance, comédia e etc, o drama foca muito nas personagens de uma forma individual. Ou seja, cada um tem sua vida, nós somos seres únicos e temos problemas com a gente mesmo que ninguém mais pode resolver. A questão é: como eu vou resolver esses problemas, sendo que eles afetam não só a mim, mas á todos os que estão á minha volta? Como eu posso me descobrir/descobrir o que eu quero fazer, se isso, infelizmente, acaba envolvendo pessoas importantes pra mim e consequentemente, gerando resultados que ás vezes não vão ser muito do meu agrado?

   
   

   


Música
A Ost é inteira uma gracinha e eu gostaria de colocar ela inteira aqui, mas o post ficaria enorme. Então vocês podem procurar playlists pelo youtube ou pelo spotify (algumas têm). Aqui eu deixei só as que me marcaram mesmo.

Star Figure/Drawing a Star - U-ji
A mais viciante, tocava toda hora (mas depois do episódio 12 eles deram uma diminuída e eu já senti falta). O 'lalalalalalalara' vai ficar na sua cabeça :D


Shelter - Heejin feat. Lee Yohan
Uma calminha, super a cara do drama. Tocava nos momentos mais doces, não necessariamente nos tristes.


I Want to Love - Melomance
Bem gostosinha, ela é ótima pra descontrair. O legal é que o artista realmente apareceu numa participação especial em um dos episódios do drama!


Can't Go - Ben
Essa foi bem marcante também, tocou bastante. A voz da Ben (sim, é uma mulher) é linda e combinou muito com a melodia e, principalmente, com o drama.



Pontos Negativos
Achei que os episódios foram na medida certa, o tempo bateu certinho. Achei que a trama mostrou uma realidade extremamente atual (desde o fato de que você pode casar por conveniência e fazer disso um contrato, até assuntos mais importantes, como a vida da mulher - no trabalho, em casa, com a família e etc) que passou mensagens importantíssimas e lições que a gente pode tirar pra vida. Recomendo assistir o drama com a mente aberta.

A gatinha mais linda!!

Classificação: ***** (5 estrelinhas - maravilhoso). Nem preciso dizer que recomendo, certo? É um drama que me fez refletir, me fez anotar várias frases no meu caderninho, no status do whatsapp, no facebook.... hahahaha 


Acho legal dizer também que o drama tem váááárias referências e fala sobre vários livros (que você vai querer ler tudo!) bem interessantes e legais. É bom prestar atenção nisso também. 
Espero que tenham gostado da resenha, não sei se consegui me expressar muito bem (eu gostei demais do drama, fico meio sem palavras quando a situação é essa), mas espero que você dê uma chance á essa obra-prima.

Beijo e tchau!
Copyright © 2014 | Design e Código: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo