8 de fevereiro de 2015

[Filmes] O Destino de Júpiter

Oi gente! Ari aqui~~

Ontem foi dia de curtir, e eu fui curtir o meu com uma amiga que não via há séééculos. A gente pegou o trem e fomos dar uma passeada no Shopping Metrô Boulevard, em Tatuapé. Não conhecia o shopping, só o Metrô Tatuapé, e amei! Tem Starbucks (também não sabia da existência) e Ragazzo (que eu amo. Haha). Mas, bem, o dia foi bom, mas vamos ao que interessa.

Passamos no Cinemark e queríamos assistir inicialmente "Caminhos da Floresta". Fiquei de cara quando vi que só tinha disponível legendado (e na minha cidade nem disponível estava...). Dentro os outros, escolhemos esse que dá título ao post.


Júpiter nasceu no meio do oceano sem pai, que foi assassinado tentando proteger seu telescópio. Ela e sua família têm uma "rede" de limpeza, onde todos trabalham limpando casas, apartamentos e derivados. Um dia ela vai fazer uma doação de ovários (ela quer o dinheiro pra comprar um telescópio), mas quase acaba morta na mesa de cirurgia. Quem a salva é, ninguém mais, ninguém menos que um ex-militar geneticamente modificado de orelha pontuda que conduz Júpiter á um local onde todos a chamam de "Majestade". *sinopse feita por mim*



Ok, eu não fazia a MÍNIMA ideia do que esperar desse filme. Eu só achei legal o nome e porque tinha a Mila Kunis. Supresa a minha por descobrir que o mocinho é o lindodivogato Channing Tatum. 


Além da história da protagonista, presenciamos a vida de três irmãos que lutam pela "herança" deixada por sua mãe: a Terra. Sim meus queridos, nesse filme, nosso planeta não passa de uma plantação preparada desde os séculos passados para melhores condições de vida dos alienígenas (vulgo, o povo desses três irmãos).


Os efeitos especiais são mágicos, e o Caine (o mocinho, o Channing Tatum) usa um tênis muito legal pra voar. Toda vez que ele "patinava" e aquele raio de luz azul fosforescente aparecia, eu surtava, porque um dos meus objetivos na vida era aprender a andar de patins - o que não foi realizado. 
Outra coisa legal da mesma categoria, é o céu, todo estrelado e cheio de nuvem e "milky ways"... Lindo, lindo. <3 p="">


O filme em si é meio fantasioso (leia-se: brisado), mas compensa pelo elenco de peso e efeitos especiais. Espero uma continuação porque ia fazer muito mais sentido á história, e elevar o número de expectadores (contando que eles devem ter investido bastante na produção). Não vale o preço de ingresso que eu paguei (R$28,00), mas dá pra passar o tempo e se deliciar com as cenas de ação (que eu assisti em 3D)! ;)


Classificação: **** (ótimo)

Primeiro filme do ano no cinema com sucesso! Se você já assistiu também, deixa nos comentários a sua opinião, eu vou gostar de ler!

Bjs, Ariane;)
Ouvindo: High Hopes - Kodaline 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo ao 'Dois Pontos'!
Obrigada por comentar!

Copyright © 2014 | Design e Código: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo